Dessas agulhas você não precisa ter medo!



Muita gente sente um arrepio só de ouvir falar em agulhas, e só aceita encará-las em último caso, quando realmente já não há o que fazer. Não sei se você é assim, mas me arrisco a afirmar que o MMP, além de não assustar, ainda vai deixar seu medo de lado e chamar a atenção pelos benefícios que agrega à pele.


O QUE É MMP?


Essa é uma sigla para Microinfusão de Medicamentos na Pele, um tratamento que, como o próprio nome indica, serve para injetar dermocosméticos diretamente na área tratada através de uma ponteira agulhada.


De modo geral, o procedimento é indicado para controlar diversos problemas dermatológicos, como sardas, calvície, psoríase, cicatrizes e melasma.


Sobre esse último, vale a pena falar um pouco mais. O Melasma é caracterizado por algumas manchas escuras na pele, principalmente no rosto, pescoço e braços das mulheres. Não há uma causa definida para o seu surgimento, mas a maioria dos casos está condicionada à exposição solar, uso de anticoncepcionais, fatores hormonais e predisposição genética.


É importante mencionar que não há cura para o Melasma, mas existem tratamentos como o MMP que são eficazes para clarear, estabilizar e reduzir a reincidência de pigmentação. Nele, além de estimular o colágeno, as agulhas carregam dermocosméticos clareadores que, em função da perfuração, conseguem chegar a uma camada mais profunda da pele, atingindo resultados satisfatórios. Os principais ativos aplicados no procedimento são o ácido tranexâmico e a vitamina C, administrados, em média, durante 5 sessões com um intervalo de 20 dias entre cada uma.


QUAIS CUIDADOS EU DEVO TER?


O MMP deve ser realizado apenas por um dermatologista capacitado, a fim de preservar a segurança do paciente e favorecer bons resultados. É muito importante conversar com o seu médico para tirar dúvidas, avaliar o seu caso e checar se esse é o melhor tratamento a ser feito.


A técnica é aplicada no próprio consultório médico sob anestesia local, e a quantidade de sessões varia para cada paciente.


Se você não tem uma contraindicação, consultou o profissional e já passou pelo procedimento, também deve ficar atento e manter uma rotina de skincare para potencializar os efeitos:


- Sempre use protetor solar, dentro ou fora de casa, com sol ou com chuva, e FPS de no mínimo 50;

- Priorize um bom creme hidratante, de preferência indicado pelo dermatologista que realizou o tratamento;

- Considere aplicar água termal para relaxar a pele, principalmente se notar algum tipo de irritação ou vermelhidão;

- Faça uma limpeza diária;

- Durante um tempo, evite maquiagens e produtos com ácidos.


Agora que você já conhece o MMP e os seus benefícios, que tal perder o medo e começar a se cuidar? Estou à disposição caso tenha dúvidas e queira trocar uma ideia sobre o ele.



Fontes:


Sociedade Brasileira de Dermatologia:

https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/procedimentos/drug-delivery/16/

https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/melasma/13/

http://www.surgicalcosmetic.org.br/detalhe-artigo/485/Alopecia-androgenetica-masculina-tratada-com-microagulhamento-isolado-e-associado-a-minoxidil-injetavel-pela-tecnica-de-microinfusao-de-medicamentos-pela-pele

24 visualizações0 comentário