O que a sua pele e rotina de skincare falam sobre a sua saúde mental



Há quem use maquiagem no dia a dia para destacar um traço do rosto, há quem busque cobrir alguma marca desagradável, mas o fato é que todas nós, de um jeito ou de outro, tiramos esse tempinho de autocuidado para nos sentir bem conosco e diante da sociedade.


Na prática, tudo que diz respeito à pele e à dermatologia é assim. Nós tratamos doenças, nos maquiamos, pensamos em certos procedimentos e adotamos uma rotina de skincare pra vivermos com mais saúde, autoestima e confiança. Quando tudo caminha bem, quem tem muito a ganhar é a nossa SAÚDE MENTAL!


O QUE OS ESPECIALISTAS DIZEM SOBRE A PELE E O BEM-ESTAR EMOCIONAL?


Quem tem ou já teve algum detalhezinho na pele sabe o quanto isso pode incomodar, abalar a segurança e, em alguns casos, até nos afastar das pessoas por vergonha. E vale a pena ressaltar que isso é muito particular, ta? O que pra você passa despercebido, para outra pessoa tem o potencial de afetar a autoestima e trazer insegurança.


O estudo organizado pela revista InStyle destaca que um dia de pele ruim pode atingir seriamente a autoestima de uma mulher. Paralelo a isso, a Dra. Heather Woolery-Lloyd, dermatologista e especialista no assunto, contou à revista que algumas pacientes com crise de acne se sentiam impedidas de ir para a escola e para o trabalho. Para confirmar ainda mais a tese, 76% das mulheres ouvidas na pesquisa se sentiam bem sobre si quando notavam a pele em bom estado, independentemente da idade.


Para a psicoterapeuta Zakiyyah Abdul-Mateen, também ouvida pela InStyle, não devemos - em hipótese alguma - julgar uma pessoa pela forma como ela se sente diante da aparência ou da saúde da própria pele.


Ao contrário do que a maioria acredita, pensamentos desse tipo não são um exagero ou futilidade, e sim um comportamento naturalmente humano, de quem nasce e cresce ouvindo a opinião da sociedade sobre o que é bonito e o que é desagradável aos olhos. Infelizmente, muitas vezes nos definimos por crenças que sequer são nossas.


Um exemplo clássico que afeta diretamente a saúde mental é o Melasma, uma condição crônica ligada ao surgimento de manchas escuras no corpo, especialmente na face. Como as pesquisadoras reforçam, ela pode aparecer em áreas visíveis, como a testa e as bochechas, sendo difíceis de cobrir com maquiagem. Se não houver tratamento adequado, os efeitos são ainda mais intensos.


E QUAL O PAPEL DA ROTINA DE SKINCARE NESSA HISTÓRIA?


Se até agora falamos de dificuldades e motivos de alerta, fica aqui um ponto positivo pra você se inspirar.


A skincare é basicamente um exercício de carinho, autoconhecimento e cura. Tudo começa com a aceitação das próprias imperfeições, passa por um acolhimento genuíno e termina no cuidado diário. Todos os dias você tem consciência de quem é, do que tem, e do que precisa fazer para se sentir bem. Pra muita gente, é uma mudança de vida.


No mesmo estudo que eu trouxe para esse debate, a psicoterapeuta Zakiyyah Abdul-Mateen lembrou que alguns pontos do nosso corpo, como é o caso do rosto, promovem um relaxamento. Nesse sentido, tocá-los com calma e zelo traz benefícios físicos, nutritivos e emocionais, já que estimula a sensação de descanso e bem-estar.


Uma outra análise realizada na Coreia e publicada em 2010 mostrou que a rotina de skincare foi responsável por um aumento significativo na percepção da autoestima, respeito e felicidade geral em mulheres idosas e de meia idade.


O QUE DEVEMOS FAZER, ENTÃO?


Agora que entendemos os problemas e descobrimos que existe uma saída eficaz, é hora de agir!


O primeiro passo? Aceitar que a nossa pele tem altos e baixos, dias bons e dias ruins, e que tá tudo bem! A vida precisa seguir naturalmente, sem nos escondermos.


Em segundo lugar, é fundamental respeitar o seu tempo. Confiança, segurança e amor próprio são exercícios diários, construídos passo a passo, com muita paciência.


Por último - mas o que faz uma diferença enorme nos resultados - você precisa buscar ajuda profissional para o seu problema, esteja ele na pele ou no coração. Todo mundo, independentemente da idade, merece ter uma dermato e um profissional de saúde mental ao lado, seja pra dar conselhos, examinar ou então tratar uma dor.


Podemos começar agora?


Caso queira saber mais sobre os cuidados com a sua pele, podemos agendar um horário no meu consultório. Estou à disposição! Você pode entrar em contato pelo telefone (34) 3217-8394 ou WhatsApp (34) 99317-8394.


Dra. Monique Naves

CRM MG 57040 RQE 45099⠀


9 visualizações0 comentário