Comece 2021 com o rosto RENOVADO #Peeling



Todo começo de ano é um momento propício para traçar novas metas. Tem muita gente que faz aquela lista exteeeeeeeensa, cheia de promessas como “eu vou me cuidar mais”, “vou dormir melhor”, “quero viajar”, “garanto que não vou falhar com a skincare”, e por aí vai...


Se alguém me pedisse pra recomendar uma resolução de ano novo, como dermatologista, com certeza eu indicaria cuidar melhor da pele. E não é à toa! Uma pele saudável previne diversas doenças, ajuda na autoestima, traz satisfação, bem-estar, e tudo isso, por si só, já é um prato cheio pra deixar a gente feliz e disposta!


Entre tantos procedimentos conhecidos, dessa vez vou me ater ao Peeling. Esse nome vem do inglês, que quer dizer “descascar”, o que já dá uma boa noção de como ele funciona. Trata-se de uma boa opção para fechar os poros, renovar a pele do rosto, tratar hiperpigmentações, melasma, estrias, cicatrizes de acne e marcas do envelhecimento precoce.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE PEELING:


- Peeling físico: é a aplicação, por meio de algumas ponteiras, de substâncias que entram em atrito com a pele e removem as células mortas. Os mais comuns são os de diamante e de cristal.


- Peeling químico: é o tratamento que utiliza agentes químicos (ácidos), que provocam uma descamação para eliminar a pele danificada e dar lugar a uma nova. Um peeling químico leve atua na camada externa da pele (epiderme), e funciona muito bem no combate às rugas finas, acne e ressecamento. Existe também o médio e profundo, recomendados para tratamentos mais densos, inclusive na derme.


COMO FUNCIONA NA PRÁTICA?


Para saber se o peeling é um bom tratamento para o seu caso, é extremamente importante consultar um dermatologista capacitado. Se estiver tudo ok, você será submetido ao tipo mais indicado para a sua pele, e é responsabilidade do profissional te acompanhar durante toda a sessão, realizando o procedimento e dando todas as informações que você precisa para chegar a um resultado seguro e eficaz.


Após uma sessão de peeling químico, por exemplo, a pele tende a ficar vermelha, tensa e inchada. Nesse momento, é bom caprichar no protetor solar, na limpeza e hidratação, além de utilizar uma pomada protetora e não cutucar e esfregar a região. Quanto maior a profundidade e intensidade do tratamento, maior pode ser o tempo até notar o resultado, e isso é normal, fique tranquila(o).


Gostou da ideia? Conte comigo caso tenha ficado com alguma dúvida.

Fonte:

Sociedade Brasileira de Dermatologia. <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/procedimentos/peelings-quimicos/10/>

Chemical peel. Mayo Clinic. <https://www.mayoclinic.org/tests-procedures/chemical-peel/about/pac-20393473>

29 visualizações0 comentário