Elas vem no verão: sardas, melanoses, acne. O que fazer?


ACNE Esse é um quadro conhecido e experimentado por muitas pessoas em todas as épocas do ano, no entanto, no verão, as altas temperaturas, a produção excessiva de sebo e a obstrução dos poros podem agravar o quadro. Soma-se isso à maior exposição da acne ao sol e temos as temidas MANCHAS DE ACNE!

Elas são normais e comuns: aparecem depois do processo inflamatório da acne. A princípio, apenas como manchas vermelhas que podem se tornar amarronzadas com o tempo e a exposição solar.

SARDAS

Elas estão na moda, tanto que muitas famosas têm investido em filtros no instagram com essas manchinhas que, para muitos, são um charme. Mas falando do ponto de vista dermatológico, o nome já não é tão reconhecido: efélides. Independente do nome, as sardas são pequenas manchas pigmentadas, avermelhadas ou marrons claras, que surgem geralmente em indivíduos de pele clara e ruiva, principalmente de fototipos mais baixos. Apesar de começar a dar os primeiros sinais ainda na infância (por volta de 2 a 3 anos de idade), elas tendem a ficar mais evidentes durante a adolescência e, muitas vezes, chega a desaparecer na fase madura.

A melhor forma de preveni-las, você já deve imaginar, né? PROTETOR SOLAR! Nesse caso específico, indicamos que o fator de proteção mínimo seja o 50.

MELANOSES As melanoses são manchas escuras, arredondadas e surgem com o passar dos anos no corpo devido a exposição prolongada ao sol. Elas mostram o histórico de longa exposição solar ao longo da vida e sem a devida proteção.

Como você percebeu, esses são quadros que estão associados com o verão exatamente por causa da exposição solar e os danos que os raios UVA e UVB causam na pele, por isso, fica fácil concluir o que já é tão divulgado em todos os lugares: USAR FILTRO SOLAR FAZ TODA A DIFERENÇA! Seja para manter o aspecto jovial da pele ou, até mesmo, para prevenir o câncer de pele.

Se você se identifica com algum desses quadros e se incomoda com o aspecto que as manchas conferem à pele, saiba que existem diferentes tratamentos, que podem ser prescritos de acordo com a intensidade da aparência das manchas e com cada tipo de pele. Saiba um pouco mais sobre o que pode ser feito:

QUAIS SÃO OS TRATAMENTOS:

  • Produtos e ativos clareadores - Creme clareador - Esfoliante (usar semanalmente) - Filtro solar - Ácido ferúlico - Niacinamida - Vitamina C - Phe-resorcinol - Ácido tranexâmico

  • Procedimentos clínicos - Peeling químico e físico; - Laser; - Luz pulsada; - Microagulhamento; Vale lembrar que o tratamento deve ser indicado e realizado com o acompanhamento de um dermatologista.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo