top of page

Entenda tudo sobre o PEELING QUÍMICO



Se você já se olhou no espelho, percebeu algumas marcas indesejadas e está em busca de um bom tratamento para contornar esses efeitos, vale a pena conhecer um pouco mais sobre o PEELING QUÍMICO.


Esse é um dos procedimentos mais buscados no consultório das dermatologistas e, de fato, pode entregar excelentes resultados de acordo com os seus objetivos.


Neste artigo, eu preparei um resumo bem completo com as principais informações que você precisa para ficar por dentro do assunto. Lembrando que elas não substituem uma boa consulta e avaliação, ok?


O QUE É O PELING QUÍMICO?


O nome “peeling” vem do inglês “to peel”, que em português quer dizer “descamar”.


Neste sentido, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), o tratamento consiste em aplicar substâncias químicas na pele, geralmente ácidas, para causar um processo de esfoliação e descamação. Na prática, isso remove a pele danificada e dá lugar a uma nova.


Na maioria das sessões, a aplicação começa pelas regiões mais grossas do rosto, como o queixo, o nariz e a bochecha, e só então avançam para as mais finas e sensíveis, como a boca e a área ao redor dos olhos.


De acordo com as camadas tratadas, um peeling químico pode ser superficial, médio e profundo.


Todos os processos devem ser feitos pelas mãos de um profissional experiente e capacitado para alcançar os melhores resultados. Não podemos esquecer que a saúde e a segurança do paciente são mais importantes que a estética.


PARA QUEM É INDICADO?


O peeling químico é recomendado para os pacientes que se queixam de:


  • Rugas

  • Linhas de expressão

  • Poros dilatados

  • Cicatrizes de acne

  • Estrias

  • Rosácea

  • Hiperpigmentação

  • Melasma

  • Demais marcas do envelhecimento precoce


QUEM NÃO PODE FAZER PEELING QUÍMICO?


Todos os pacientes devem passar por uma avaliação com dermatologista antes de iniciar um tratamento de peeling químico. Isso garante a eficiência do procedimento e, é claro, a saúde da pele.


Em geral, o peeling químico NÃO é indicado para pessoas:


  • Gestantes

  • Lactantes

  • Com infecções e lesões abertas

  • Com lesões em fase de cicatrização

  • Com psoríase e dermatite atópica


QUAIS CUIDADOS EU DEVO TER DEPOIS DE UMA SESSÃO DE PEELING?


Uma vez que o peeling químico promove a descamação e a renovação da pele, é importante que o paciente se cuide no dia a dia para não agredi-la ainda mais.


Dessa forma, recomenda-se caprichar no protetor solar, evitar a exposição ao sol, não coçar ou esfregar a área, não mexer nas “casquinhas” e evitar maquiagens nos primeiros dias de recuperação.


Se você também tem interesse em saber mais sobre esses cuidados e tempo de cicatrização, eu recomendo que leia este outro artigo publicado aqui no meu blog.


EXISTE ALGUM RISCO OU EFEITO COLATERAL?


Após uma sessão de peeling químico, é natural que o paciente fique com o rosto avermelhado e levemente inchado. Esses sintomas costumam desaparecer de maneira espontânea em poucos dias.


Quanto mais profundo for o tratamento, maior será o período de cicatrização.


Existem casos menos frequentes em que o paciente também desenvolve cicatrizes e manchas temporárias, mas tudo depende da forma como o pós-operatório foi conduzido.


ONDE EU POSSO FAZER UM SESSÃO DE PEELING QUÍMICO?


Agora que você já está por dentro do assunto, minha dica é que procure uma dermatologista especializada no assunto e com experiência suficiente para conduzir o tratamento da melhor forma possível.


Eu sou médica formada pela Universidade de Uberaba, tenho Pós-Graduação em Cirurgia Dermatológica, Medicina Estética e Tricologia, e sou membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Estou aqui para te ajudar com as dúvidas sobre esse e outros procedimentos para a pele.


Conte comigo e fique à vontade para marcar um horário no meu consultório pelo telefone (34) 3217-8394 ou WhatsApp (34) 99317-8394.


Dra. Monique Naves

CRM MG 57040 RQE 45099⠀


359 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page