Mau cheiro nas axilas... tem solução?


Atire a primeira pedra quem nunca esqueceu o desodorante e passou o dia todo se perguntando se mais alguém estaria sentindo aquele “cheirinho nada agradável”. Pois é, o mau cheiro nas axilas é comum, mas muitas vezes também pode ser um grande incômodo, principalmente para quem convive com o problema e não sabe como se livrar dele.


Para te apresentar possíveis soluções para, primeiro preciso te ajudar a entender o que causa o mau cheiro. Vamos lá?


O QUE CAUSA O MAU CHEIRO NAS AXILAS?

Ao  contrário do que muitos pensam, o suor não é o vilão do mau cheiro. A verdade é que as grandes responsáveis pelo cheiro desagradável são as bactérias presentes na pele, principalmente em áreas mais quentes e úmidas, como as axilas e pés.

Quando em contato com o suor, essas bactérias começam a metabolizar alguns de seus componentes, como as proteínas e os ácidos graxos e durante esse processo metabólico são liberados gases como o metanotiol e o ácido isovalérico – eles sim possuem odores bastante desagradáveis.  


Pois é: o “cecê” e o “chulé” têm a mesma causa, e não é simplesmente o suor!


Mas como nem tudo são flores (e nesse caso o cheiro desagradável denuncia o fato), a ciência ainda não identificou exatamente o que provoca o surgimento dessas bactérias.


Ainda assim, temos alguns indícios de que hábitos pessoais podem piorar o quadro. Por exemplo, o consumo alimentos como alho, cebola, curry, pratos muito condimentados e álcool influenciam no cheiro da transpiração. Além disso, é claro que a higiene também conta MUITO!


Sabe-se que alguns medicamentos e certos tecidos também podem contribuir para a alteração dos odores.


COMO TRATAR A BROMIDROSE (MAU CHEIRO)?

Bom, levando em consideração o que citei anteriormente como possíveis causas, você já deve ter uma noção de como tratar o problema, não é mesmo?


Manter uma boa higiene, sem sombras de dúvida, é a primeira dica para se livrar do mau cheiro nas axilas. Mas, além disso, é importante levar em consideração o que falei sobre proliferação de bactérias.


Isto é: para impedir o processo de proliferação e, consequentemente, o mau odor, é fundamental manter a pele sempre limpa e seca e, após o banho, usar um desodorante antitranspirante.


Esse último item não só ajuda a controlar a transpiração, como costuma conter agentes antissépticos presentes em sua composição, substâncias essas que ajudam no combate às bactérias causadoras de mau cheiro.


Quando falamos em suor, vale lembrar que as roupas também exercem um papel importante! Por isso, troque-as todos os dias, dê preferência àquelas confeccionadas em tecidos naturais, como algodão e fibra de bambu, e evite as peças apertadas, que impedem a evaporação do suor.  


Chegou até aqui aliviado de saber que tem jeito para o mau cheiro nas axilas? Comece a colocar em prática as dicas e me conte o resultado!

44 visualizações0 comentário